O que acontece se você comer muito queijo cottage

O requeijão é um tipo de queijo de sabor suave e cremoso. É feito com leite de vaca e tem baixo teor de gordura e calorias. O queijo é popular entre quem está fazendo dieta porque é uma boa fonte de proteína e cálcio. Embora o queijo cottage possa ser uma parte saudável de uma dieta balanceada, comer demais pode causar sérios problemas de saúde.

É importante compreender as consequências de comer muito queijo cottage. Consumir muitos laticínios pode causar problemas digestivos, como desconforto abdominal, náusea, diarréia e prisão de ventre. Muito queijo também pode prejudicar a absorção de nutrientes. De acordo com um artigo publicado no Jornal de Nutrição e Metabolismo, consumir mais de 500 miligramas de cálcio por dia de fontes lácteas pode interferir na absorção de outros minerais importantes, como ferro, zinco e magnésio.

Quantidades excessivas de laticínios também podem causar reações alérgicas. Alergias alimentares comuns incluem laticínios, lactose e caseína. Os sintomas de uma alergia podem incluir urticária, inchaço e dificuldade em respirar. Comer muitos laticínios também pode interferir na capacidade do corpo de absorver outros nutrientes, além de aumentar o risco de desenvolver sensibilidades alimentares. Os laticínios também são ricos em gordura saturada e colesterol, os quais podem aumentar o risco de doenças cardíacas e derrames.

Pessoas que têm diabetes também devem limitar o consumo de laticínios, incluindo queijo cottage. Consumir laticínios pode aumentar os níveis de açúcar no sangue, o que pode ser perigoso para quem tem diabetes. Comer muitos laticínios também pode contribuir para o ganho de peso e aumentar o risco de doenças metabólicas, como obesidade, doenças cardíacas e diabetes tipo 2.

É importante lembrar de moderar o consumo de laticínios. A nutricionista Amy Griel recomenda limitar a ingestão de laticínios a duas porções por dia. Para evitar problemas de saúde decorrentes do consumo excessivo de queijo cottage, Griel aconselha a escolha de variedades com baixo teor de gordura, bem como o monitoramento do teor de açúcar adicionado e dos níveis de sódio. Para garantir um nível adequado de cálcio na dieta, Griel recomenda a escolha de outros alimentos ricos em cálcio, como cereais fortificados, espinafre e sardinha.

Níveis elevados de colesterol

Comer muito queijo cottage pode aumentar os níveis de colesterol. Os laticínios são ricos em gordura saturada, que é uma forma de gordura que pode aumentar os níveis de colesterol ruim, ou LDL. Níveis mais elevados de LDL podem aumentar o risco de desenvolver doenças cardíacas e derrames. Estudos demonstraram que consumir mais de duas porções de laticínios por dia pode aumentar os níveis de LDL em até 10%.

Pessoas com colesterol alto devem limitar a ingestão de laticínios, incluindo queijo cottage. Comer muitos laticínios pode aumentar ainda mais os níveis de colesterol ruim, aumentando ainda mais o risco de desenvolver doenças cardíacas e derrames. Pessoas com colesterol alto devem se concentrar em escolhas alimentares saudáveis, como uma dieta rica em frutas, vegetais e alimentos ricos em fibras, para ajudar a reduzir os níveis de colesterol.

A American Heart Association recomenda limitar a ingestão de gordura saturada a menos de 6% de suas calorias diárias. Para quem tem colesterol alto, essa quantidade deve ser reduzida ainda mais. Para indivíduos com colesterol alto, a quantidade recomendada de gordura saturada deve ser inferior a 3% das calorias diárias.

Intolerância ao queijo e à lactose

Comer muito queijo pode causar problemas digestivos, mesmo se você não for intolerante à lactose. A intolerância à lactose é um distúrbio digestivo que ocorre quando o corpo não consegue digerir a lactose, o principal açúcar encontrado nos laticínios. Os sintomas de intolerância à lactose incluem dor abdominal, distensão abdominal, gases e náuseas. Para aqueles que são intolerantes à lactose, o consumo de laticínios pode causar sérios problemas de saúde.

Pessoas com intolerância à lactose devem evitar laticínios, incluindo queijo cottage. Para garantir o cálcio adequado na dieta, é importante escolher outros alimentos ricos em cálcio, como suco de laranja fortificado, cereais fortificados e folhas verdes. Pessoas com intolerância à lactose também podem tomar suplementos para garantir que estão ingerindo cálcio suficiente.

Conteúdo de sal

O queijo cottage costuma ter alto teor de sódio, o que o torna um lanche pouco saudável para quem está tentando controlar a ingestão de sal. De acordo com a American Heart Association, comer alimentos ricos em sódio pode aumentar a pressão arterial. A hipertensão arterial é um importante fator de risco para acidente vascular cerebral, ataque cardíaco e outras doenças cardiovasculares. A AHA recomenda que os adultos limitem a ingestão de sódio a menos de 2.300 mg por dia.

Muitas marcas de queijo cottage contêm alto teor de sal. Para evitar consumir muito sódio, Griel sugere evitar o queijo cottage pré-embalado e optar pelas variedades sem sal. Para reduzir o sódio, Griel recomenda adicionar frutas ou outros ingredientes ricos em nutrientes a uma pequena porção de queijo cottage sem sal. Isso adicionará doçura natural e ajudará a equilibrar o sabor.

Gorduras saturadas

Os produtos lácteos, incluindo o queijo cottage, são ricos em gordura saturada. As gorduras saturadas são um tipo de gordura que pode aumentar o risco de doenças cardíacas e derrames. Comer muita gordura saturada pode aumentar os níveis de colesterol ruim, ou LDL, no corpo. A American Heart Association recomenda que os adultos limitem a ingestão de gordura saturada a menos de 6% do total de calorias diárias.

Para reduzir a quantidade de gordura saturada consumida, Griel recomenda escolher variedades de queijo cottage com baixo teor de gordura. Variedades com baixo teor de gordura têm menos gordura saturada e geralmente têm menos calorias. Os queijos cottage à base de leite não são a única opção; existem várias alternativas sem laticínios amplamente disponíveis, como o queijo cottage à base de amêndoa.

Níveis de açúcar no sangue

Comer muito queijo pode aumentar os níveis de açúcar no sangue. Os produtos lácteos são ricos em açúcar e comer demais pode levar a um aumento do açúcar no sangue. Níveis elevados de açúcar no sangue podem ser perigosos para quem tem diabetes e podem levar a problemas de saúde graves. É importante monitorar seus níveis de açúcar no sangue ao incluir laticínios em sua dieta.

Para reduzir o risco de picos de açúcar no sangue, Griel recomenda limitar a ingestão de laticínios a duas porções por dia. Para reduzir o teor de açúcar, Griel aconselha a escolha de variedades com baixo teor de gordura. Alternativas sem laticínios, como queijo cottage à base de amêndoa, também estão disponíveis para quem não tolera laticínios.

Evitar Alimentos

Algumas pessoas podem precisar evitar totalmente os laticínios. Pessoas com alergias alimentares graves, intolerância à lactose ou níveis elevados de colesterol podem precisar evitar completamente os laticínios. Aqueles com diabetes devem limitar a ingestão de laticínios e concentrar-se na ingestão de outros alimentos ricos em nutrientes, como frutas, vegetais e fibras.

Se você decidir comer queijo cottage, Griel recomenda escolher variedades com baixo teor de gordura ou sem laticínios. Ela também sugere adicionar ingredientes ricos em nutrientes, como nozes, frutas e vegetais, ao queijo cottage, pois isso adicionará sabor e tornará o lanche mais satisfatório. Além disso, Griel sugere evitar variedades pré-embaladas, processadas e com alto teor de sódio.

Conclusão

Os efeitos para a saúde de comer muito queijo cottage podem levar a graves consequências para a saúde. Comer muitos laticínios pode causar problemas digestivos, alergias e problemas de absorção de nutrientes. Pessoas com colesterol elevado, diabetes ou intolerância à lactose devem estar especialmente conscientes dos riscos de comer muitos laticínios. Para reduzir o risco de problemas de saúde, Griel recomenda limitar a ingestão a duas porções por dia e escolher opções com baixo teor de gordura ou sem laticínios. Além disso, ela aconselha monitorar o teor de açúcar e os níveis de sódio para garantir uma saúde ideal.

Sharon Pruden

Sharon E. Pruden é uma defensora apaixonada dos produtos lácteos e das pessoas que os produzem. Ela escreveu extensivamente sobre os tópicos de queijo, iogurte, leite e outros produtos lácteos e sua importância para uma dieta saudável. Ela está empenhada em educar os consumidores sobre os benefícios nutricionais dos produtos lácteos e defender a indústria de lácteos.

Deixe um comentário